Aveda e a terapia indiana para o cabelo
Refúgio

Aveda e a terapia indiana para o cabelo

por Vânia Goy

Por Carla Valois, de Londres

Admito que sempre fui displicente com os meus cabelos. Houve uma época em que usava qualquer xampu. Qualquer mesmo, juro. Nunca me preocupei demais, já que meus fios, apesar de grossos, são bastante lisos. Depois de alguns anos de desleixo, percebi aquele frizz desagradável e pontas-duplas. Passei aí a aplicar produtos melhores, durante e depois do banho, e desde então estou relativamente satisfeita. Em casa, porém, não consigo deixá-los tão sedosos como ficam quando vou ao salão, mesmo que só para cortar. Ao conhecer o Lifestyle Salon & Spa da Aveda, por exemplo, experimentei a Botanical Therapy, tratamento inspirado em práticas da Ayurveda, como é chamada a medicina indiana; sai de lá renovada, me sentindo diva.

A Aveda, fundada em 1978 em Minnesota, nos Estados Unidos, faz parte do grupo Estée Lauder desde 1997 e é gigantesca na Inglaterra, tanto que só o Lifestyle Salon & Spa, em Covent Garden, possui três pisos e ocupa praticamente um quarteirão inteiro em High Holborn. Assim que cheguei, no meio da tarde, me serviram uma xícara de chá verde com laranja; não demorou 10 minutos e fui atendida por Jessamy Frazer, uma das 70 profissionais que trabalham ali todos os dias. Ela começou me explicando que o tratamento restaura o “ecossistema” do couro cabeludo e dos cabelos, o que, em consequência, resulta em fios hidratados e com mais brilho.

Depois de uma bela massagem no meu couro cabeludo, onde Jessamy utilizou um óleo da linha profissional da Aveda – não comercializado para pobres mortais, infelizmente –, ela me levou para lavar os cabelos; o xampu escolhido foi da linha Dry Remedytm, assim como a máscara, aplicada em seguida. Enquanto esperava a máscara fazer efeito, aliás, recebi outra massagem, mas dessa vez nas mãos. A última etapa do tratamento consiste em secar e estilizar os fios, aí com a ajuda do spray Pure Abundance Style Prep. Em 60 minutos, meus cabelos foram quase do lixo ao luxo (obrigada, Augusto de Campos, por me inspirar na analogia!).

Finalizado o tratamento, aproveitei para me familiarizar com outros produtos da Aveda, afinal a marca não produz apenas itens para os cabelos. Há também coleções para o corpo e para o rosto, além de uma linha de maquiagem. Desde aí, inclusive, venho usando a loção corporal Stress-Fixtm e o creme facial Green Sciencetm e estou gostando bastante de ambos. Antes de ir embora, só para a experiência ficar ainda mais agradável, provei o suco verde do Le Pain Quotidien, que fica dentro do próprio Lifestyle Salon & Spa.

A Aveda está presente em mais de 30 países, mas ainda não chegou oficialmente ao Brasil. Pesquisando na internet, contudo, é possível encontrar vários sites nacionais que comercializam a marca. Ela também está presente nas lojas Duty Free Dufry, nos aeroportos brasileiros (#sejoga).

Posts Relacionados