Carla Valois e a massagem do Cowley Manor, no Reino Unido
Refúgio

Carla Valois e a massagem do Cowley Manor, no Reino Unido

por Vânia Goy

Por Carla Valois, de Londres <3

“Rafael e eu nos casamos no fim de agosto, mas só agora em outubro conseguimos viajar em lua de mel. Como tínhamos poucos dias disponíveis, optamos por permanecer no Reino Unido, onde moramos, e fomos conhecer o Cowley Manor, localizado em Gloucestershire, no sudeoeste na Inglaterra. Relativamente isolado – a cidade mais próxima, Cheltenham, fica a 10 minutos de carro –, o hotel, construído há mais de 100 anos, é aconchegante e tem mais de 2 mil m² de jardins, além de um spa premiado, chamado C-Side, que possui quatro salas de tratamento, duas piscinas aquecidas, sauna e academia de ginástica.

Depois de deixarmos as malas no quarto, que adoramos de imediato, descemos para tomar o chá da tarde, cortesia oferecida a todos os hóspedes recém-chegados. Tradicionalíssimo na Inglaterra, o afternoon tea, tomado com ou sem leite, é acompanhado de doces, sanduíches recheados e bolinhos de trigo (chamados scones), servidos com creme e geleia. Em seguida, apesar do dia chuvoso, fomos passear pelos jardins, que, segundo dizem, inspiraram Lewis Carroll, pseudônimo de Charles Dodgson, em “Alice no País das Maravilhas”, sua obra mais famosa, publicada em 26 de novembro de 1865, aliás, por coincidência, essa é a data do meu aniversário.

Os quartos de Cowley Manor têm aparelhos de DVD e Blue-Ray, iPod com caixinhas de som, cafeteira da Nespresso e, o melhor de tudo, ao menos para mim, produtos da Green & Spring, desenvolvidos somente com ingredientes encontrados no Reino Unido e suas ilhas: Man, Jersey e Guernsey. A marca, usada em todos os tratamentos do C-Side, não testa em animais e não utiliza parabenos, formaldeídos ou corantes sintéticos. As embalagens, 100% recicláveis, também são encantadoras, todas ilustradas com tonalidades diferentes, dependendo da linha a que pertencem (“Relaxing”, “Indulging”, “Revitalasing”, “Repair & Restore” ou “Skincare”).

Provei xampu, condicionador, óleo de banho, sabonete líquido e hidratante corporal, todos da linha “Relaxing”. Já no C-Side, experimentei produtos para o rosto no primeiro tratamento que fiz, o “Mini Facial”, com direito a massagem, inclusive na cabeça e no pescoço, e aplicação de máscara a base de extratos de mirtilo e rosa, gerânio, sálvia e óleo de cenoura. Logo depois, fiz uma esfoliação corporal com o body balm da Green & Spring, composto por camomila, açúçar, cera de abelha e rosa mosqueta. Voltei para o quarto quase flutuando! Infelizmente, a marca ainda não entrega no Brasil, mas envia para o Canadá, Estados Unidos, Japão, Austrália e Nova Zelândia, além de quase toda a Europa (boa para quem está viajando ou tem amigos fora!).

Vale mencionar ainda que o restaurante do Cowley Manor é ótimo. O café da manhã tem muitas opções, frias e quentes; até tive coragem de, enfim, provar o English Breakfast, fartíssimo até na versão vegetariana. Também jantamos lá todos os dias: o atendimento é excelente, a comida deliciosa e a carta de vinhos não desaponta, assim como o Bloody Mary. Ah, antes que me esqueça: o clima da Inglaterra é, verdade, bastante instável, mas não é preciso se preocupar: o hotel mantém um generoso acervo de livros e revistas e, para quem prefere atividades ao ar livre, oferece galochas Hunter para todo mundo poder caminhar dentro e fora de seus jardins.”

Posts Relacionados