Tirando da gaveta e ensaiando aquele come back: blush cor-de-rosa
Eleitos

Tirando da gaveta e ensaiando aquele come back: blush cor-de-rosa

por Vânia Goy

Nessa loucura de fazer a maquiagem parecer o mais natural possível eu desencanei um pouco de usar blush. Ao menos do tradicional, compacto e rosado. No meu imaginário, maçãs rosadas estavam me deixando com um ar infantil, fake e meio datado.

Nos últimos tempos usei as paletas de contorno com o tom neutro que as americanas chamam de taupe, meio marrom, meio bege, meio cinza. E, às vezes, um pouquinho de coral cremoso nas maçãs, para deixar a pele brilhando e com aquela cara de quem fez exercícios.

Só que voltei a usar os rosados depois de me apaixonar pelo make que a Linda Cantello criou para o desfile de verão de Giorgio Armani e graças a duas novidades tão bonitas que (quase!) tenho dó de usar. A primeira é o blush Jardin de Chanel (que não chegou por aqui) — rosa pálido e um tanto opaco que vai bem com a pele mais mate e bem acabada — e a outra é o Guerlain Rose Aux Joues (R$ 291, na Sephora), que combina o rosinha com um vermelho acetinado que deixa as maçãs mais brilhantes. Pra ficar igualzinho ao desfile, o segredo é seguir aquela lição 1 das aulas de maquiagem: sorrir e aplicar a cor no redondinho que aparece nas bochechas. Meninas morenas e negras: os rosinhas nem sempre funcionam, portanto, testem sem medo os tons de pink, para que eles fiquem levemente rosados na pele. Só não caiam na armadilha de usar um pincel grande demais e sair por aí feito com um look festa junina fora de época 😉

Posts Relacionados