SPFW: o melhor em 7 imagens de beleza
Desejos

SPFW: o melhor em 7 imagens de beleza

por Vânia Goy

Aqui, seis lições de beleza recém-saídas dos backstages de beleza da 42a edição do SPFW. O humor das passarelas não é lá muito novo, mas continua mandando um recado importante sobre individualidade e naturalidade. Até as intervenções mais coloridas e brilhantes seguem o contexto minimal de que menos é mais. Abaixo, as palavras-chaves para entender a estação:

Cabelo natural: a frase mais ouvida nos backstages era “respeitamos a textura natural do cabelo das modelos”. Ou seja: viva o cacho, as ondas e um tanto de frizz, ainda que intencional.

Pele molhada: a pele natural, com cobertura na medida e brilho continua sendo a opção número 1 dos maquiadores. As modelos preparadas por Daniel Hernandez para o desfile da Memo são o exemplo máximo do estilo molhado.

Glitter: faz mais de uma estação que o brilho máximo está no auge. Nesta, impulsionado pelas imagens e produtos desenvolvidos pela maquiadora Pat McGrath, o glitter apareceu nos lábios, como manda o figurino internacional. O da Osklen, com beleza assinada por Silvio Giorgio, era furta-cor. O meu favorito foi criado por Fabiana Gomes (M.A.C) para a Animale: um carimbo de formas orgânicas na pálpebra, fugindo do formato “águia” de sempre.

Gráfico: esqueça o esfumado. As pálpebras mais legais da temporada foram coloridas com traços, pinceladas e borrões que mais pareciam feitos com tinta. Destaque para o traço arroxeado com cobertura glossy que estava nos olhos das modelos da Iódice, também assinado por Fabiana Gomes (M.A.C), e para a pálpebra vermelha que Celso Kamura preparou para a apresentação da Coca-Cola Jeans.

Glam 2016: Sabe aquele blush a la Debbie Harry, do Blondie? Pois o pink que invade as têmporas promete ganhar terreno de forma mais sutil, com transparência e acabamento acetinado.

Marrom: uma boquinha com inspiração 90’s não podia faltar! A lição para a vida real é desencanar dos batons excessivamente opacos e apostar em uma versão cremosa, passada de forma mais orgânica, como no desfile de Gloria Coelho, com beleza assinada por Fabiana Gomes (M.A.C).

 

Posts Relacionados